sexta-feira, 28 de junho de 2013

Balé Jovem no encontro do CMDCA

Na última terça-feira (25) junho, nas dependências do Plenarinho da Câmara, o vereador Pedro Gouvêa presidente da Comissão de Educação, Assistência Social, Diretos Humanos, Juventude, Criança e Adolescente (CEV) recepcionou os membros do CMDCA, do Conselho Tutelar e de diversos setores da sociedade para o ciclo de debates do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA. Presidia pelo Sr.João Carlos Guilemino da Franca, o encontro mensal do CMDCA estimula o debate e a reflexão, entre os participantes, sobre as políticas publicas desenvolvida no município e a necessidade da criação de um planejamento de ações que possam, na prática, integrar a política da infância nas esferas educacionais, de saúde, de cultura, de garantia de direitos, de esporte e lazer.
 
O encontro contou com a participação das diretoras do Projeto Balé Jovem de São Vicente Geyssa Alencar e Sabrina Olímpio que expuseram sobre a história, trajetória e objetivos culturais e sociais desenvolvidos pelo Balé Jovem junto à comunidade vicentina. O Balé Jovem de São Vicente surgiu em 2002. Inicialmente o grupo ocupou o galpão do Horto Municipal da cidade por iniciativa do vereador Pedro Gouvêa, que à época ocupava o cargo de Diretor do Horto Municipal. O projeto foi implantado com caráter social levando as crianças, jovens e adolescentes dança e cultura para o bairro. O curso que se chamava Ballet do Horto Municipal teve inicio com 05 crianças do bairro do Voturuá, foi crescendo e se estruturando. Após um ano de curso, no ano de 2003, os alunos começaram a participar de competições e excursionar pelo Brasil, surgindo assim o Balé Jovem de São Vicente que hoje compete nos mais importantes festivais nacionais e internacionais. Através desses festivais internacionais jovens talentos da escola já obtiveram importantes bolsas de estudos para o exterior, dois grandes exemplos são: Felipe Vieira, 18 anos, foi contratado para o Balé do Ópera de Viena – na Áustria e Fernanda Lopes, 15 anos, ganhou bolsa de estudos para o Balé de Stuttgart – na Alemanha. A diretora do Balé Jovem Geyssa Alencar avalia que “que a participação no projeto e as viagens possibilitam aos jovens não só o intercâmbio e aprimoramento técnico, mas a oportunidade do crescimento pessoal e cultural, dando-lhes a consciência de serem protagonista da sua própria história”. Atualmente o Ballet conta com mais de 500 alunos inscritos que freqüentam diariamente o curso de balé e jazz, comprovando a salutar parceria entre o poder público e a Associação dos Amigos do Centro Cultural Balé Jovem de São Vicente.
 

 
 

Nenhum comentário: